Se você é um admirador do que alguns chamam de “sétima arte”, certamente salas caseiras de cinema já foram idealizadas aos montes pela sua imaginação. Mas se por motivos meramente financeiros esse seu sonho não se tornou realidade, talvez estas dicas lhe ajudem a melhorar ainda mais o ambiente de vídeo da sua casa.

Iluminação direta e indireta

A sala que abriga o aparelho de televisão é, geralmente, também um espaço onde os amigos e parentes se reúnem para jogar conversa fora. Assim, dificilmente o recinto que acomoda o seu player de filmes vai estar longe de outras peças; a luz da cozinha, da sala de estar ou de qualquer outro cômodo vai invariavelmente invadir o ambiente.

Para que você possa aproveitar da melhor forma possível os recursos da sua sala caseira de cinema, evite que os feixes de luz atinjam diretamente o televisor. Desvie também qualquer tipo de iluminação virada para os telespectadores. Se eliminar toda a iluminação indireta for difícil, tente usá-la de modo razoável. Por exemplo: se as lâmpadas da cozinha dividem espaço com a sala, experimente manter o seu televisor bastante afastado delas.Evite que, em ambientes conjugados, a iluminação indireta invada a sala de cinema.
(Fonte da imagem: onARCHItecturesite)

O ideal, no entanto, é criar zonas luminosas separadas e independentes nos casos em que vários espaços se comunicam e afetam, por meio da troca de luz entre eles, o ambiente de cinema. Hoje, diversos aparelhos de regulagem de iluminação estão disponíveis no mercado (com o Maestro Wireless, uma central gerenciadora de intensidade de luz que pode ser controlada através de ondas de rádio).

Mas se adquirir um aparelho capaz de controlar a iluminação dos seus cômodos (que exige, nos casos mais robustos, toda a troca do sistema de lâmpadas antigo) não for uma opção exatamente adequada – justamente pelo alto custo –, ao menos duas soluções baratas podem ser consultadas.

Dimmer

Um dispositivo simples e razoavelmente em conta capaz de variar a intensidade de luz. Com certeza você já viu um desses em filmes, hotéis ou até mesmo em casas mais antigas. São botões circulares que controlam a força média da corrente elétrica em uma carga, evitando, desta forma, trepidações na iluminação.Uma alternativa finaceiramente viável, eficaz e até mesmo elegante. (Fonte da imagem: Seva Call)

Encontrados por preços que variam de R$ 15 a R$ 150 a unidade, os dimmers podem ser facilmente instalados no lugar das teclas de luz convencionais e possibilitar, de um jeito definitivamente fácil, o controle de luz de quaisquer ambientes.

Blecaute

A saída mais em conta, sem sombra de dúvidas. Escureça a sua sala de cinema com o simples fechar de cortinas. Pronto. Se você não costuma ficar levantando durante o filme para reabastecer o seu copo de refrigerante ou saco de pipocas, essa é absolutamente a melhor forma de escurecer o seu recinto de vídeo.Use cortinas blecaute e tente escurer ao máximo a sala. (Fonte da imagem: Casa da Ideia)

Os preços desta alternativa variam bastante, mas é possível encontrar cortinas blecaute (aquelas que não permitem a passagem de iluminação alguma) por R$ 35 – dependendo do tamanho, estilo e cor dos utensílios.

E como se guiar em meio à total escuridão se o uso dessas cortinas for feito? De duas, uma: ou você deixa todos os corredores e espaços que poderão ser usados livres ou compra e instala luzes balizadoras internas — aí por um preço um pouco mais salgado, que ultrapassa a casa da centena de reais.

Que tipo de televisão usar?

Essa é uma das questões mais contundentes discutidas pelos amantes da tecnologia. Como a intenção deste guia não é falar sobre decoração ou sobre aspectos técnicos das telas de LED, de Plasma ou de LCD, nossa sugestão é a seguinte: cada pessoa tem as suas preferências na hora de usar o televisor. Portanto, selecione a tela mais adequada às suas necessidades.

Seja para assistir a um bom filme, jogar horas a fio ou ficar em frente à TV acompanhando documentários épicos sobre, sabe-se lá, extraterrestres ou a respeito da influência social da batata no mundo. Não importa. O fato é este: se vários tipos de televisores existem, isso significa que uma diversidade de pessoas deve usá-los.Esse é um tema que não admite respostas absolutas. Escolha a TV que mais lhe agradar! (Fonte da imagem: LG)

Então, para que as suas respostas sejam devidamente obtidas, consulte os nossos textos sobre “como cada uma dessas telas funciona” e “qual é a TV ideal para você”. Se dicas de decoração são o que você deseja encontrar, talvez o post sobre “12 salas de cinema fantásticas que o dinheiro pode comprar” possa lhe dar certa inspiração.

Cupons de desconto TecMundo: