(Fonte da imagem: Divulgação)

Em março deste ano, o censo foi aplicado a todos os habitantes da República Tcheca. Entre as questões envolvidas na pesquisa, uma perguntava a respeito de que religião a pessoa se considerava devota. O inesperado foi descobrir que 15 mil pessoas se declararam seguidoras dos cavaleiros Jedi, personagens da saga cinematográfica Star Wars.

É de se esperar que algumas pessoas deixem de preencher a opção por não seguirem religião alguma (5 milhões de tchecos) ou que parte da população declare que não acredita em Deus (cerca de 710 mil). Porém, descobrir que o país possui seguidores de um código de conduta que nem sequer é uma religião foi algo surpreendente.

O mais interessante dessa história, entretanto, é perceber que realmente havia uma alternativa na pesquisa que colocava os cavaleiros Jedi como uma opção religiosa válida. A explicação disso, segundo o vice-chefe do escritório de estatísticas, Stanislav Drapal, é que não cabe aos estatísticos discutir o que pode ser considerado religião ou não.

Cavaleiros Jedi? Hein?!

Os cavaleiros Jedi são conhecidos pelos fãs da trilogia dupla Star Wars como um grupo de guerreiros guardiões da paz, que protegiam a República Galáctica Interplanetária dos perigos que a rondavam. Eles possuíam o chamado poder da mente, por meio do qual podiam controlar de forma indireta objetos e pessoas.

A julgar pela quantidade de informações que temos a respeito desses cavaleiros e do código moral honroso a que eles respeitavam como às suas vidas, não é de se estranhar tanto que haja fãs que consideram esse grupo como verdadeiras divindades a serem seguidas.

Mas também é preciso levar em conta que algumas das pessoas talvez nem pensassem em cavaleiros Jedi se essa não fosse uma opção válida no censo. A vontade de brincar marcando uma alternativa um tanto engraçada pode ter falado mais alto. Até que ponto essas respostas são verdadeiras, provavelmente, nunca saberemos.

Cupons de desconto TecMundo: