(Fonte da imagem: Warner Bros.)

Roger Ebert, um dos críticos de cinema mais respeitados do mundo, explicitou em sua coluna no Chicago Sun-Times que não gostou dos efeitos 3D do último episódio da saga Harry Potter. Na resenha, o colunista explica que a história e os cenários do filme lhe agradaram; contudo, a aplicação de efeitos tridimensionais foi completamente desnecessária.

Em nota na publicação, Ebert, que também é roteirista, explica: “Esse filme inteiro é escuro, melancólico e cheio de sombras. Como ele deveria ser. Isso o torna particularmente inadequado para a perda de brilho do 3D. Há algumas cenas que se beneficiam do 3D (eu gostei quando o pequeno globo mágico se abre), mas nada que o exija. Evite pagar mais e veja o filme no 2D com mais brilho, mais adequado.”

Cupons de desconto TecMundo: