Os fãs do universo cinemático da DC sabem que o Robin (Jason Todd) está morto nos longas-metragens, e é um dos motivos do Homem-Morcego estar tão amargurada pela vida.

Em Batman vs Superman, vimos a armadura do Robin – pichada com risos do Coringa – em exposição nas instalações do Morcego, servindo sempre de lembrete ao herói sobre os custos do combate ao crime.

As pichações e a possível referência à HQ Morte em Família nos levavam a crer que o Robin havia sido assassinado pelo Coringa. Porém, parece que o universo cinemático nos reserva uma surpresa.

Aparentemente, o longa Esquadrão Suicida indica que outra personagem é responsável pela morte do Robin nos cinemas.

Logo no começo do filme, quando são apresentados os membros da Força-Tarefa X e vemos as relações de crimes e características de cada personagem (em escritas na tela), há a informação de que a Arlequina admitiu ter matado o Robin!

O primeiro veículo a notar essa descrição (que passa rápido demais na tela) foi o The Wrap. O site nota que a informação deve ser explorada nos próximos filmes da DC – possivelmente no filme solo do Batman.

Há rumores de que o longa do Homem-Morcego venha a explorar o ressurgimento de Jason Todd como o Capuz Vermelho e tentando incriminar o Batman pelos seus crimes (uma adaptação de Batman: Under the Hood). Porém, boatos mais recentes da produção indicam que veremos Batman lutando contra criminosos no Asilo Arkham.

E você, o que acha da ideia de Arlequina ser a responsável pela morte do Robin no universo cinemático da DC? Comente abaixo.

Via Minha Série.

Cupons de desconto TecMundo: