Arqueólogos israelenses descobriram uma lâmpada datada de 14 séculos graças a um ouriço que cavou uma cova em um sítio arqueológico no centro de Israel - informou nesta quarta-feira a autoridade competente.

Os arqueólogos, que faziam uma inspeção de rotina para combater o roubo de antiguidades em Horbat Siv, repararam em um monte localizado perto da toca de um ouriço. Eles encontraram uma antiga lâmpada de cerâmica intacta, com 14 séculos de idade, resgatada pelo animal.

"O ouriço é um excelente arqueólogo, que sabe escavar de uma maneira incomparável", afirmou Ira Horovitz, da Autoridade de Antiguidades de Israel, em comunicado publicado no site da agência.

"Como o país está cheio de sítios arqueológicos, os ouriços constroem seus abrigos entre as ruínas subterrâneas. Eles se livram dos escombros com habilidade e levam à tona o que encontram, incluindo todos os tipos de objetos arqueológicos", acrescentou.

O governo não perdeu a chance de fazer piadas sobre a descoberta: "Lembramos a todos os ouriços que escavar em sítios arqueológicos sem permissão é crime", brincou Horovitz.

JerusalémUndefined

Via EmResumo

Cupons de desconto TecMundo: