Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Adelaide criou o termômetro mais sensível do mundo em temperatura ambiente. Ele é três vezes mais preciso do que qualquer outro que foi feito até agora. Além disso, ele é feito a partir de luz.

Os pesquisadores afirmam que este novo termômetro é capaz de medir a temperatura com uma precisão impressionante de 30 bilionésimos de grau. Embora seja possível fazer medições mais precisas em temperaturas extremamente baixas e próximas do zero absoluto, esta é a primeira vez que tal precisão foi obtida a partir da temperatura ambiente. “Nós acreditamos que está é a melhor medição já feita da temperatura”, afirma Andre Luiten, um dos pesquisadores do projeto.

O segredo está nas luzes

O termômetro criado injeta luz vermelha e verde em um disco polido e cristalino, possibilitando que elas circulem em velocidades ligeiramente diferentes, dependendo da temperatura ambiente. Se estiver mais quente, a luz vermelha diminui ligeiramente de velocidade em comparação com a verde. Ao fazer com que essas luzes viajem milhares de vezes nestes discos, é possível medir a temperatura com extrema precisão.

O dispositivo não limita-se apenas a medir a temperatura, já que ele também pode, em teoria, ser usado para detectar a pressão, a umidade, a força e até a presença de produtos químicos.

“Ao sermos capazes de medir diferentes aspectos do nosso ambiente com alto grau de precisão, utilizando instrumentos pequenos o suficiente para serem carregados, será possível revolucionar as tecnologias utilizadas para uma variedade de aplicações industriais e médicas em que a detecção de vestígios é de grande importância”, finaliza o professor Luiten.

Cupons de desconto TecMundo: