Óculos auxilia deficientes visuais (Fonte da imagem: Universidad Carlos III de Madrid)

Pessoas com deficiência parcial da visão, especialmente aquelas que têm dificuldade em perceber o ambiente a sua volta, podem agora contar com a ajuda de um par de óculos ultrassônico desenvolvido por Cientistas da Universidade Carlos III, de Madri, Espanha.

O dispositivo pretende auxiliar deficientes visuais parciais na locomoção ao tornar seus trajetos mais seguros. “Este dispositivo é destinado a pessoas que esbarram em tudo o que elas não conseguem ver por causa da sua perda de campo visual, causada por glaucoma, patologias da retina etc.”, afirma Ricardo Vergaz, chefe do projeto.

O protótipo foi desenvolvido utilizando um dispositivo HMD (Head Mounted Display), um capacete de realidade virtual que inclui duas câmeras ligadas a um computador onde são processadas todas as imagens recebidas.

Visão do Exterminador do Futuro: use com moderação (Fonte da imagem: Lemons Black)

Visão do futuro

O algoritmo que os pesquisadores desenvolveram funciona de forma parecida com a visão do Exterminador do Futuro, pois permite que o sistema determine a distância e o contorno dos objetos. Ele comunica as informações ao usuário em tempo real através de duas telas presentes nos óculos, destacando a silhueta dos elementos em cena e variando as cores de acordo com sua distância.

Vergaz explica que o experimento detecta objetos e pessoas que se deslocam dentro do campo visual, algo que muitos com patologias visuais não conseguem enxergar devido a problemas de contraste. O cientista relata também que a profundidade é a informação visual mais prejudicada em pessoas que perdem parte da visão.

O dispositivo será testado em uma quantidade significativa de pacientes, e os resultados finais serão apresentados no final deste ano. O objetivo é melhorar a ergonomia dos óculos, para que os usuários não sintam nenhum incômodo em usar o dispositivo – que caberá no bolso. 

Fonte: Universidade Carlos III de Madrid

Cupons de desconto TecMundo: