(Fonte da imagem: Reprodução/Optics InfoBase)

Cientistas franceses estão trabalhando no desenvolvimento de um material térmico capaz de esconder completamente a temperatura de um corpo. Além de permitir que objetos fiquem invisíveis aos dispositivos responsáveis por fazer a leitura térmica de um ambiente, a tecnologia pode ser usada para transferir calor entre componentes eletrônicos sensíveis.

Métodos para criar vestimentas semelhantes às vistas na série Harry Potter, que faziam uma pessoa desaparecer totalmente, têm sido estudados desde 2006. Até o momento, todas as técnicas criadas apresentam diversas limitações, estando muito longe de obter o efeito apresentado na ficção.

O que todas elas têm em comum é fato de que tentam manipular de alguma forma ondas magnéticas para esconder um objeto ou uma pessoa. Segundo Sebastian Guenneau, do Institut Fresnel, técnicas baseadas no calor possuem uma grande diferença: “O calor não é uma onda – ele simplesmente se difunde de regiões quentes para as frias”, afirma.

“A matemática e a física envolvidas é muito diferente. Por exemplo, uma onda pode viajar a longas distâncias sem perder intensidade, enquanto o calor geralmente se difunde em distâncias menores”, explica.

Auxílio à indústria de microeletrônicos

A solução encontrada pelos pesquisadores foi desenvolver uma capa construída com 20 camadas de materiais diferentes, cada um com sua própria difusividade (capacidade de transmitir e dissipar calor). Dessa forma, eles podem controlar a temperatura de áreas bastante específicas, aquecendo um ponto específico ou transmitindo o calor de forma uniforme.

Na prática, a nova tecnologia deve ser usada principalmente na indústria de microeletrônicos, na qual a concentração de calor em uma área específica se mostra um grande desafio para os engenheiros na hora de desenvolver um produto.

Cupons de desconto TecMundo: