(Fonte da imagem: TechnaBob)

Cientistas da Universidade de South Mississipi, nos Estados Unidos, descobriram a fórmula para um novo tipo de plástico capaz de “sangrar” quando está cortado e se autorregenerar quando exposto à luz. A novidade, contudo, ainda requer aperfeiçoamentos.

O novo plástico tem pequenas ligações moleculares que quebram quando ele é cortado ou arranhado, gerando uma mancha vermelha em volta do ponto danificado. Quando ele é exposto à luz, as ligações são refeitas e, com isso, ele se autorregenera. O processo pode se repetir indefinidas vezes.

A pesquisa foi liderada pelo professor Marek Urban e, segundo o especialista, os resultados podem gerar uma verdadeira revolução na indústria. Se a técnica for aplicada a gadgets, por exemplo, poderemos ter no futuro smartphones e tablets capazes de se recuperar em eventuais danos e riscos.

Cupons de desconto TecMundo: