Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Fritz Höffeler)

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Stuttgart e do Instituto Max Planck para Sistemas Inteligentes anunciaram o sucesso da empreitada que culminou na criação do menor motor a vapor do mundo. O micromotor criado pelo professor Clemens Bechinger opera de forma similar ao Motor Stirling — considerada a máquina térmica mais eficiente possível.

Entretanto, o micromotor alemão substitui os pistões por lasers modulares e uma partícula coloidal. O campo ótico do laser limita a movimentação da partícula, enquanto mudanças na intensidade do feixe permitem alterações de temperatura capazes de criar o mesmo efeito de compressão e expansão de uma câmara de combustão.

Apesar de o equipamento ainda não possuir uma aplicação prática, a comprovação de que não existe nenhum obstáculo termodinâmico para o funcionamento de uma estrutura tão diminuta abre novas possibilidades no campo da miniaturização.

Cupons de desconto TecMundo: