Muita gente pensa que comida crua pode ser mais calórica do que cozida, pois esta acabou de passar por processos de desnaturação e vários outros que acontecem na presença do calor. Mas a verdade é que as refeições cozidas são muito mais energéticas, por alguns motivos que os cientistas ainda não conseguem provar com certeza. Pelo menos é que tentam provar alguns pesquisadores.

Atualmente, existem duas explicações mais aceitas para mostrar as razões desta “energização”. Uma delas é referente às proteínas, que quando estão na presença de altas temperaturas tendem a se abrir e permitir que nossas enzimas digestivas consigam capturar melhor os aminoácidos.

Há também outra explicação, esta referente ao colágeno. Quando a carne está crua, por exemplo, mastiga-la é um pouco mais complicado, fazendo com que ela chegue menos aberta até o estômago. Cozinhando, isso muda completamente e, quando engolimos, já estamos com a comida mais fácil de ser digerida.

As duas explicações foram dadas por Richard Wrangham, pesquisador de Harvard (EUA) com foco em antropologia biológica, em entrevista para a revista norte-americana Discover. Ele afirmou também que nos próximos passos das pesquisas relacionadas ao tema, vão tentar provar que os ovos também passam pelo mesmo processo que a carne.

Cupons de desconto TecMundo: