(Fonte da imagem: CNRS)

Um grupo de pesquisadores franceses do CNRS fez uma nova descoberta capaz de revolucionar a indústria de plásticos. Acrescentando alguns ingredientes e uma pitada extra de um composto de zinco, a equipe chegou a uma forma plástica capaz de consertar automaticamente arranhões e amassados.

Normalmente, plásticos sintéticos se dividem em dois tipos: termoplásticos e termofixos. A primeira classe pode ser aquecida e remoldada, mas é pouco resistente. Já a segunda só pode ser processada uma vez, mas é mais resistente.

Na nova técnica, quando está frio o material é bastante rígido e mantém a sua forma. Já quando aquecido, ele se torna maleável, podendo curar pequenos arranhões e amassados.

Cupons de desconto TecMundo: