(Fonte da imagem: MoveOne Inc)

Apesar de ser considerada a capital mais fria do mundo, a cidade de Ulan Bator, na Mongólia, está prestes a realizar um experimento climatológico sem precedentes usando geleiras artificiais para refrescar a água do município durante os seus meses mais quentes.

A experiência deverá custar cerca de 460 mil libras. Para o projeto, serão criadas lajes com espessura de 1 a 7 metros. Esses blocos permitirão isolar a água abaixo do ponto de congelamento, mantendo a sua temperatura e criando imensos blocos de gelo.

Quando chegar a estação mais quente, as lajes serão transportadas para a cidade e a expectativa é que o material acumulado possa reduzir a demanda por condicionadores de ar, bem como fornecer irrigação e água potável. Caso a técnica dê certo, ela poderá ser utilizada em qualquer país onde os verões sejam quentes e os períodos de inverno tenham temperatura abaixo de zero.

Cupons de desconto TecMundo: