Muitas crianças sonham em se tornar astronautas, mas alcançar tal feito é muito difícil, especialmente aqui no Brasil. Nos Estados Unidos, onde existe um trabalho mais consistente e amplo nesse setor, as chances são um pouco maiores, mas ainda assim bastante remotas.

Prova disso é que, em 2017, de um grupo de 18 mil candidatos, apenas 12 foram selecionados para participar do programa de treinamento para se tornar um viajante espacial da NASA, a estatal espacial do país norte-americano. Entre eles estava Robb Kulin, que acaba de pedir demissão e se tornar o primeiro “estagiário” da agência a fazer isso em 50 anos — antes dele, o último candidato que desistiu do programa fez isso em 1968.

Kulin tem atualmente 34 anos de idade e não deu muitos detalhes sobre a razão pela qual desistiu de ser um astronauta da NASA. Segundo a CBS News, ele estava na metade do programa no Johnson Space Center e apenas alegou razões pessoais para a desistência repentina.