Uma dupla de alunos do IFAP, Instituto Federal do Amapá, criou junto com um professor da instituição um microscópio amador que pode ser utilizado em aulas de biologia em escolas que não possuem laboratórios para a disciplina. O aparelho é basicamente montado de peças reaproveitadas, e, no total, custa cerca de R$ 25 por unidade.

A lente usada para ampliar as imagens é, na verdade, recolhida de aparelhos de DVD antigos. É necessário ainda acoplar uma pequena lanterna no dispositivo e, em seguida, montar um porte de acrílico ou algum outro material similar. Depois, basta colocar um smartphone sobre o dispositivo e observar os detalhes do objeto abaixo.

Thaís Rodrigues e Carlos Eduardo Silva, de 16 anos, foram os responsáveis pelo projeto junto com o professor Joádson Rodrigues, que viu uma ideia similar sendo desenvolvida em uma escola norte-americana.

Fomos vendo o projeto original e trocando as peças para outros materiais mais acessíveis

"Aqui no Ifap não tínhamos o laboratório de biologia quando entrei, em 2016. O professor havia visto esse trabalho na internet nos Estados Unidos e quis trazer para a nossa realidade. Fomos vendo o projeto original e trocando as peças para outros materiais mais acessíveis", comentou Carlos Eduardo ao G1.

O professor ainda explicou que um microscópio é uma ferramenta essencial para aulas de biologia, permitindo visualizar de fato os elementos que os alunos observam primariamente em livros.

Cupons de desconto TecMundo: