Os felizes proprietários do Essential Phone ainda estão aguardando o envio dos aparelhos da empresa fundada pelo ex-executivo do Android, Andy Rubin. Mas o que deveria ser uma ansiedade boa enquanto o momento não chega acabou virando dor de cabeça e chateação.

O motivo? De alguma forma, criminosos conseguiram obter uma lista de consumidores cadastrados que fizeram a pré-compra e estão enviando toneladas de emails para essas pessoas na tentativa de aplicar um golpe.

Segundo relatos publicados pelo The Next Web e espalhados pelas redes sociais, a mensagem começa mais ou menos igual. O remetente seria da própria Essential (inclusive mascarando o remetente como customercare@essential.com) e fala em "revisar os dados e pedir informações complementares para finalizar o pedido".

Nesse momento, o bandido pede email, telefone e uma foto de um documento de identificação com foto, assinatura e endereço. Algumas pessoas receberam várias mensagens consecutivas com o mesmo pedido.

A resposta da marca

Afinal, como os criminosos acertaram em cheio que os alvos fizeram mesmo a pré-compra do dispositivo? Rumores foram levantados a respeito de uma falha de segurança e suposta invasão, mas a Essential não confirmou nada até o momento.

Em uma mensagem no Twitter, ela afirma que "está ciente e investigando" os emails, prometendo mais informações no futuro.

Cupons de desconto TecMundo: