Se você pensava que apenas norte-americanos eram loucos por teorias conspiratórias, coloque russos na sua lista também. De acordo com uma matéria que foi ao ar no Russia-24, um canal de notícias estatal, esses brinquedos poderia ter um “efeito zumbificador” na juventude de “mente mais vulnerável”. A mesma matéria afirma que o objeto também poderia ser utilizado para hipnose.

Nada disso foi comprovado, obviamente, mas o canal consultou uma psicóloga chamada Svetlana Filatova. De acordo com o Newsweek, Filatova teria reconhecido a possibilidade de o brinquedo ajudar crianças a melhorar a destreza das mãos, mas, por outro lado, entorpecer a mente das pessoas.

Intriga da oposição

Em outra matéria transmitida no mesmo canal, o âncora do jornal especulou sobre supostas motivações políticas em torno do brinquedo. “É um mistério o fato de esse brinquedo ter se tornado tão popular na Rússia justo agora. Quem está promovendo isso tão ativamente para as massas?”, questionou.

A reportagem chegou a dizer que os itens estavam sendo distribuídos no comício de um líder da oposição russa, Alexei Navalny. O conteúdo também acusa a oposição de colocar anúncios desse brinquedo na web cujos links levavam para vídeos no YouTube de cunho político, contrários às ações do presidente Putin. Também foi questionado o fato de os spinners terem se tornado tão populares na Rússia em um momento em que, supostamente, esse item estaria perdendo seu apelo no Ocidente.

“Como você pode notar, só há inscrições em inglês. No outro lado, não há uma palavra sequer em russo”, disse após a reportagem um dos âncoras do programa televisivo. Por conta dessas acusações de conspiração da oposição e de “efeito zumbificador”, o órgão de proteção ao consumidor no país resolveu começar uma investigação para avaliar as possibilidades levantadas. Contudo, ainda não há qualquer conclusão publicada a esse respeito.

Cupons de desconto TecMundo: