Você já parou para pensar no que acontece ao misturar uma bexiga de festa com um pouco de nitrogênio líquido? O youtuber Grant Thompson do canal “The King of Random” resolveu testar isso, mas em uma escala bem diferente: ele usou um balão capaz de expandir a tamanhos de até 2 metros de diâmetro e o encheu com 35 litros do líquido, resultando na impressionante cena que pode ser conferida logo acima.

Diferente do que muitos imaginam, o balão não chega a simplesmente congelar – ao menos não de cara. No lugar disso, a gigantesca bexiga começa a inflar cada vez mais, e mais... Até que sua superfície cede às baixas temperaturas do líquido e eventualmente se quebra. O processo em si, é claro, seguiu com alguns problemas, fazendo o material congelar rapidamente, mas, felizmente, haviam vários balões para novas tentativas.

E como Grant fez para que a bexiga simplesmente se enchesse sozinha, usando apenas um líquido? A resposta está justamente na temperatura do nitrogênio líquido: como mostramos em outra matéria, o choque direto entre uma superfície extremamente quente (afinal, estamos falando de borracha exposta ao Sol) com uma substância extremamente fria cria uma “camada de isolamento”.

Como resultado, o nitrogênio não apenas demorou para começar a congelar o balão, como também se expandiu e passou a ferver ali dentro, liberando gás que fez com que a bexiga inflasse. Como o youtuber descobriu bem, entretanto, misturar uma superfície que fica cada vez mais rígida a um gás que a força o material a expandir pode ter resultados um pouco... Explosivos.

Dá até para sentir o impacto do estouro.

Pois é. Apesar de quase ter perdido um olho nessa brincadeira, o projeto de Grant, no fim das contas, foi bastante surpreendente, e mostra que combinações inusitadas podem ter resultados que vão além de nossas expectativas.

Cupons de desconto TecMundo: