Novos Chromebooks da Acer foram feitos para sobreviver às salas de aula

1 min de leitura
Imagem de: Novos Chromebooks da Acer foram feitos para sobreviver às salas de aula
Avatar do autor

Muitas escolas dos Estados Unidos e de outros países compram Chromebooks para utilizá-los em suas salas em determinadas aulas, assim como os próprios jovens estudantes. Como os computadores passam pelas mãos dos mais variados tipos de alunos, é natural que eventualmente eles fiquem danificados, especialmente devido ao pouco cuidado que algumas pessoas exercem com esses equipamentos.

Pensando nesse público em específico, a Acer está lançando dois modelos de Chromebooks que são mais resistentes às quedas e conseguem ter um tempo de durabilidade relativamente maior. Esses são os modelos C910 de 15,6 polegadas e o C740 de 11,6 polegadas. Os dois possuem carcaças que suportam até 132 libras de força e bordas que conseguem resistir bem às quedas de até 18 centímetros de altura – além de também possuírem dobradiças reforçadas.

Modelo Acer C740

Além de possuírem esse exterior resistente, o interior dos Chromebooks é bastante interessante também. Os dois modelos podem ser adquiridos nas versões com os processadores Intel Celeron ou Core i3, com 2 GB ou 4 GB de RAM. O C740 pode ser encontrado nas versões mais simples por US$ 260, com tela de resolução 1366 x 768 e 16 GB de espaço.

Já se você optar pelo C910, é possível encontrar um display de 1080p e 32 GB de espaço SSD. Ambos os modelos serão disponibilizados pela Acer em fevereiro nos Estados Unidos.

Modelo Acer C910

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Novos Chromebooks da Acer foram feitos para sobreviver às salas de aula