A Google parece estar mexendo suas peças para o lançamento do Google Chrome OS, o sistema operacional da empresa. Agora foi o Google Docs que recebeu alterações, aumentando o tamanho máximo de arquivos não editáveis hospedados no serviço de 1 GB para 10 GB.

A ampliação permite que arquivos grandes, como filmes e imagens, por exemplo, possam ser armazenados na nuvem. Arquivos de documentos, no entanto, continuam com seus tamanhos máximos atuais: 1 MB para textos, 20 MB para planilhas (com no máximo 256 colunas e 400.000 células por página) e 10 MB para apresentações.

O aumento da capacidade possui um porém. O tamanho máximo das contas gratuitas no Google Docs continua sendo de 1 GB. Para enviar arquivos maiores ao servidor do sistema você deve assinar o serviço pago, que custa US$ 5 por ano e dá direito ao armazenamento de até 20 GB no site. Agora só falta aumentar o espaço gratuito. Caso você more nos Estados Unidos, já pode usar o espaço que possui para armazenar algumas de suas músicas no serviço e escutá-las onde estiver.

Seria essa uma forma de dar mais espaço de armazenamento para os usuários do Chrome OS? Um movimento arriscado, já que a utilização do sistema operacional da Google deve estar atrelada a uma assinatura mensal.

Cupons de desconto TecMundo: