Durante sua passagem pela CES 2017, a Xiaomi mostrou também um novo televisor de alta qualidade para os consumidores. Estamos falando da Xiaomi Mi TV 4, que chega com vários recursos bem interessantes e novidades significativas em relação à geração anterior dos aparelhos. Para começar, é difícil não falar do design que foi apresentado pela companhia chinesa.

Chegando com conceitos similares aos vistos no smartphone Mi Mix, a televisão da Xiaomi surge com um design "sem bordas". Dessa forma, o dispositivo promete se encaixar perfeitamente em qualquer ambiente — evitando que a moldura do televisor se sobressaia em relação à decoração da sala, por exemplo.

Este design também ganha pontos pela espessura apresentada. De acordo com a Xiaomi, o aparelho é ultrafino e apresenta apenas 4,9 mm de espessura em suas bordas — a região menos espessa do televisor. Mas não é apenas no design que repousam as expectativas da Xiaomi em relação aos seus novos aparelhos de TV.

Uma TV "modular"

Ao ler "modular", você pode lembrar de celulares que podem ter suas peças trocadas para melhorias de performance, não é mesmo?  Nas TVs da Xiaomi isso é um pouco diferente. De acordo com a fabricante, a Mi TV 4 é modular porque separa completamente as peças lógicas de placa-mãe e outros circuitos integrados do display. Com isso, a manutenção se torna muito mais barata para os consumidores e a organização se torna mais fácil.

Junto com a placa-mãe, fica uma soundbar e todas as conexões (HDMI, USB, etc). Dessa forma, a tela da TV pode ser separada do sistema por apenas um cabo — evitando que vários fios fiquem poluindo visualmente o ambiente. 

Vale dizer também que a soundbar e seus 10 speakers ainda pode ser integrada a dois alto-falantes sem fio e um subwoofer de alto desempenho. Para os consumidores que quiserem ainda mais potência, a Xiaomi promete um sistema de som com Dolby Atmos.

Preço e disponibilidade

A Xiaomi garante que a Mi TV 4 vai chegar ao mercado chinês ainda neste ano e custará menos de US$ 2.000 (R$ 6.413) em uma versão com sistema Dolby Atmos. Também será disponibilizada uma versão sem o sistema avançado de som, que vai chegar às lojas por menos de US$ 1.500 (R$ 4.810). Como você deve imaginar, não há previsão sobre a expansão do televisor para o ocidente.

Cupons de desconto TecMundo: