Robert Kyncl, diretor de negócios do YouTube, anunciou durante a CES 2016 que dentro de pouco tempo a plataforma de vídeos da Google passará a oferecer suporte para conteúdos em HDR (High Dynamic Range). A tecnologia permite que TVs exibam imagens mais naturais e realistas, graças a uma maior paleta de cores e maior variação de contraste.

Contudo, para que o efeito possa ser notado, é necessário tanto um televisor compatível com HDR quanto conteúdo gravado dessa forma também. Basicamente, isso quer dizer que o aparelho precisa ser capaz de produzir mais luz do que uma televisão convencional para que a diferença possa ser notada. O YouTube é o terceiro serviço de vídeo a declarar que vai oferecer compatibilidade com o HDR, depois da Amazon e do Netflix.

Durante a feira de tecnologia que está acontecendo em Las Vegas ao longo desta semana, companhias como Samsung, LG, Sony e Panasonic já anunciaram que as próximas TVs topo de linha que lançarem já virão com suporte ao HDR. O efeito será mais notável em exibição de eventos esportivos e em filmes e séries de TV em que as imagens são intensamente tratadas, por exemplo, Game of Thrones.

Qual foi a novidade de que você mais gostou na CES 2016? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: