Em 2015, a Intel introduziu ao mercado a sua própria concepção de mini PC, o Compute Stick. Algumas parceiras da fabricante de chips compraram a ideia e produziram seus próprios aparelhos baseados nesse produto, mas eles nunca foram destaque em desempenho ou mesmo praticidade. Agora, a Intel quer mudar isso e lançou três novas versões mais poderosas do Compute Stick.

A mais básica possui um processador Atom quad-core mais simples, enquanto as outras duas são bem mais avançadas e contam com chips Core m3 e Core m5. Os preços desses modelos são bem mais altos também, mas eles realmente oferecerem poder suficiente para todo tipo de tarefa cotidiana, diferente do aparelho básico. Confira as especificações de cada um:

Intel Compute Stick básico

  • Processador: Intel Atom Cherry Trail quad-core x5-Z8300
  • RAM: 2 GB DDR3 1.600 MHz
  • Armazenamento: 32 GB + espaço para micro SD
  • Conectividade: WiFi dual-band b/g/n/ac, Bluetooth 4.1, HDMI, 1x USB 2.0 e 1x USB 3.0

Intel Compute Stick intermediário

  • Processador: Intel Core m3-6Y30 Skylake
  • GPU: Intel HD 515 (saída de vídeo em até 4K 30H z)
  • RAM: 4 GB DRR3 1.866 MHz
  • Armazenamento: 64 GB + espaço para micro SD
  • Conectividade: WiFi dual-band b/g/n/ac, Bluetooth 4.1, HDMI, 3x USB 3.0, 1x USB 2.0, 1x USB-C

Intel Compute Stick top de linha

  • Processador: Intel Core m5-6Y57 Skylake com vPRO 
  • GPU: Intel HD 515 (saída de vídeo em até 4K 30H z)
  • RAM: 4 GB DRR3 1.866 MHz
  • Armazenamento: 64 GB + espaço para micro SD
  • Conectividade: WiFi dual-band b/g/n/ac, Bluetooth 4.1, HDMI, 3x USB 3.0, 1x USB 2.0, 1x USB-C

A Intel ainda não liberou uma data de lançamento comercial para nenhum dos três modelos, mas já há preços confirmados. O modelo básico vai sair por US$ 159 (R$ 644) já com uma cópia do Windows 10 e será vendido também sem SO, mas o valor dessa versão não foi revelado.

O Compute Stick Core m3 com Windows 10 será comercializado por US$ 400 (R$ 1,6 mil), mas, sem SO, ficará por algo em torno de US$ 300 (R$ 1,2 mil). Já o modelo com Core m5 ficará por US$ 499 (R$ 2 mil) sem Windows, mas parece que não haverá versões com SO instalado de fábrica, já que a empresa espera vender esse produto mais para empresas que já possuem seus próprios sistemas personalizados.

Vale a pena investir em um Intel Compute Stick de segunda geração? Qual versão? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: