Os limites entre ficção e realidade têm ficado cada vez mais borrados – vide, por exemplo, o protótipo de monitor que se inspira nas telas usadas por Tom Cruise em Minority Report. Fato é que tecnologias que tentam aposentar o uso de mouses tradicionais estão em constante desenvolvimento. E o último projeto que visa colocar em xeque os já consolidados acessórios faz uso de sensores acoplados ao teclado – o que unifica ambos os periféricos.

Batizado de Motix, o sistema faz uso de um mecanismo de controle por movimento inserido na parte traseira de teclados; outra peça tátil fica localizada próximo à barra de espaços. Compatível com Windows e OS X, o mecanismo pode ser controlado literalmente com a ponta do dedo – basta apontar para o monitor para que o cursor do mouse logo se movimente.

Ajustes como sensibilidade e velocidade de movimentação podem ser calibrados de acordo com as preferências de cada pessoa. Mas como Motix funciona na prática? Conforme explica Ross Miller, redator do site The Verge, a ideia de fato é boa; na prática, porém, o sistema se mostra um pouco limitado. “Vi o criador do projeto, Brent Safer, desenhar linhas retas em um documento Word enquanto o melhor que consegui fazer foi selecionar aplicativos na tela Iniciar”, relatou o jornalista.

O mecanismo poderá ser adquirido por US$ 119,99 a partir do próximo mês. Mas, também conforme observa Miller, “saiba de antemão que você terá de gastar algum tempo para pegar o jeito de operar a ferramenta”. O idealizador da empreitada enfatiza que esta não é a versão final de Motix. De toda a forma, o sistema que dispensa o uso de mouses tradicionais é promissor. Como o mecanismo se comportaria durante uma partida FPS? 

Cupons de desconto TecMundo: