Em 1994, começou a ser desenvolvido um projeto de pesquisa dentro da empresa norueguesa Telenor. Dentro de alguns anos, os desenvolvedores conseguiram independência e inauguraram a Opera Software, que hoje é responsável pelo navegador Opera, em suas múltiplas plataformas.

Dezesseis anos depois, durante a CES 2010 (realizada no início de Janeiro), a Opera Software anunciou o lançamento de dois kits de informações e códigos de programação para distribuir entre os desenvolvedores que quiserem construir aplicações web para a nova geração do navegador, em suas várias frentes de atuação.

Atualmente, a versão vigente do Opera para computadores é a 10.10, mas os kits contêm informações sobre os códigos que serão empregados na versão 10.15. Além disso, está sendo distribuído o kit de desenvolvimento para aplicações móveis, referentes à versão portátil do navegador.

Opera


O kit de desenvolvimento para a nova versáo do navegador inclui:

  • Opera Turbo: tecnologia que permite acelerar ainda mais o processamento das informações na internet.
  • Flash Lite 3.1: motor para flash.
  • HTML5/CSS3: mais dinamismo no reconhecimento das linguagens de programação e estilização web.
  • Widgets: novas ferramentas complementares ao funcionamento do Opera.


O Opera Browser, que se tornou um dos aplicativos de maior confiabilidade, estabilidade e número de adeptos, tenta sair das limitações de smartphones e computadores, para ter novas versões compatíveis com outros dispositivos, como Tablets, PDAs, televisores, reprodutores multimídia portáteis e dispositivos eletrônicos para carros.

Cupons de desconto TecMundo: