Há alguns anos, quando o risco do esgotamento dos poços de petróleo começou ficar visível e os centros de Pesquisa e Desenvolvimento das montadoras começaram a correr para conseguir criar os primeiros carros híbridos e em seguida, os primeiros carros puramente elétricos, conhecidos como carros não-poluentes, não se imaginava a que ponto a tecnologia automotiva chegaria.

Pois nem as mentes mais audazes imaginavam o que a General Motors, em parceria com a OnStar (empresa de telemetria da própria GM), anunciou nesse início de ano: o Volt (carro elétrico que será lançado nos próximos anos) será totalmente sincronizável com alguns dos principais smartphones presentes no mercado atualmente, pois os sistemas operacionais BlackBerry OS, iPhone OS e Android terão compatibilidade com os aplicativos da OnStar.

Volt será sincronizado com o smartphone

Com isso, será possível controlar os níveis de bateria do carro, conhecer os gastos e configurar os modos de consumo para desempenho ou duração (algo parecido com o que é possível fazer hoje com as baterias dos notebooks). Os aplicativos também darão estatísticas diversas acerca do carro, permitirão que o usuário acione a buzina remotamente, tranque ou destranque o veículo e até mesmo dê a partida.

Dispositivos OnStar

Esses avanços permitirão em breve, que os usuários possam rastrear os veículos em casos de roubo, através da sincronização do GPS do carro, com o GPS do smartphone. Sem contar na possibilidade de desligamento remoto do veículo, que permitiria que o proprietário anulasse as atividades do motor para que os ladrões não pudessem se locomover. Seriam esses alguns passos rumo ao controle remoto dos carros pessoais?

Cupons de desconto TecMundo: