Desenvolvedores e sismólogos se juntaram para criar um aplicativo que pode detectar terremotos por meio do acelerômetro presente no hardware dos aparelhos. A solução, batizada de MyShake, é gratuita para Android e ainda ajuda a comunidade científica a analisar padrões de sismos.

O aplicativo funciona pegando e interpretando dados de atividades sísmicas. Ele pode estimar a localização e a magnitude em tempo real, enviado essas informações para um banco de dados. Segundo os criadores, quanto maior o número de usuários, um sistema de alerta presente também fica mais robusto.

"Como os smartphones estão ficando mais populares e também está ficando mais fácil desenvolver softwares para eles, entendemos que existia o potencial de usar o acelerômetro que roda em todo celular para registrar os terremotos", comentou Richard Allen, líder do MyShake, em entrevista ao Live Science.

Um acelerômetro funciona medindo força em relação à aceleração. Por exemplo, ele detecta vibrações, inclinações, movimentos e até a força estática da gravidade. Allen também comentou que o app sabe o que são vibrações comuns de uso rotineiro e o que são sismos. Por exemplo, da mesma forma que aplicativos fitness entendem o que são passos e o que não são.

Detectou. E agora?

Quando o MyShake detecta um terremoto, a informação é enviada para um site de processamento central. Assim que isso acontece, um algoritmo é ativado e busca os mesmos dados em outros smartphones na mesma área. Dessa forma, ele pode ter certeza que "algo" está acontecendo. Então, a localização e a magnitude são estimadas. Depois disso, o alerta é enviado aos usuários.

Para baixar o MyShake para Android, basta clicar aqui. Vale mencionar que o sistema de alertas ainda não está pronto. Até o momento, ele apenas coleta e transmite dados para o processador central. Uma versão para iOS é planejada pelos criadores.

Quais usos ainda podem ser pensados para o acelerômetro de smartphones? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: