Claro, o seu smartphone não é um ser pensante. Contudo, um estudo italiano indica que o resultado de vários sensores dentro de um gadget pode detectar quando o usuário está sofrendo de um episódio depressivo — ou até maníaco.

O estudo é conduzido pelo Center for Research and Telecommunication Experimentation for Networked Communities (CREATE-NET), em nome de Venet Osmani, em Trento, na Itália. O experimento forneceu smartphones para 12 pacientes bipolares por quatro meses. Então, os pesquisadores analisarem as condições do aparelho de três em três semanas. A descoberta veio com o resultado dos dados: foi possível predizer a mudança de humor em uma taxa de até 97%.

Isso foi possível ao analisar a atividade armazenada por GPS e acelerômetros, chamadas rápidas, quantidade e velocidade de ligações. O sinal claro que o paciente estava passando por uma depressão vinha por meio de poucas ligações — além de ficarem cada vez mais curtas —, diferente do padrão comum estabelecido pelo analisado.

Os pesquisadores sabem que isso é apenas uma pequena amostragem, já que o estudo durou quatro meses. Contudo, ter um gadget que analisa estas condições podem ajudar aos usuários entenderem melhor o próprio humor e até buscarem ajuda. 

Você acha que os smartphones podem nos ajudar em diagnósticos? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: