A Assembleia de Deus, com mais de 18 milhões de fiéis no Brasil, é a mais nova instituição do mercado de telefonia móvel. A igreja anunciou o lançamento de uma operadora de celular batizada de "Mais AD".

Com "conteúdos aprovados por líderes evangélicos", a operadora quer "conectar ainda mais todos os cristãos". Serviços como acervo de músicas gospel, apps evangélicos, contato direto entre fiéis e com a direção da Assembleia de Deus e promoções são alguns dos serviços prometidos.

Vale lembrar que as igrejas buscam constantemente a presença nesse tipo de mercado: a televisão por assinatura é uma das que já contam com serviços de instituições religiosas. 

No site da "Mais AD", que ainda parece em desenvolvimento, constam ainda itens como "Contribuição às Igrejas" e uma ajuda para "reverter recursos provenientes das vendas para ajudar de forma solidária Igrejas e pessoas". Tais serviços ainda não foram explicitados pela instituição.

Utilizando capacidade de rede empregada pela Vivo, a "Mais AD" é uma parceria da igreja com a empresa Movtell, que tem como um dos investidores um ex-presidente da Oi. A cobertura do sinal e dos serviços será nacional.

Cupons de desconto TecMundo: