A grande maioria das pessoas começa chorar e suar frio só de imaginar o seu smartphone caindo na privada, na piscina, em uma poça d'água ou no mar. Infelizmente, quando os aparelhos caem na água, eles vão para o fundo como se fossem tijolos e não existe magia para fazer com que eles voltem. Não existe magia, mas com um pouco de tecnologia é possível resolver esse problema. Pelo menos é o que planejam os desenvolvedores do Comet.

O smartphone está arrecadando fundos no Indiegogo para que possa ser produzido comercialmente e traz uma proposta bem interessante. Ele possui resistência à água IPx7 — a mesma encontrada em oturos aparelhos já disponíveis no mercado — e design que permite que ele flutue. Ou seja, em vez de afundar (como aconteceria com qualquer aparelho), o Comet volta para a superfície rapidamente para ser resgatado.

De resto, o smartphone se comporta como qualquer outro celular. É equipado com sistema operacional Android, câmera de 16 megapixels, hardware Snapdragon 810 e vários outros recursos similares aos dos grandes nomes do mercado. Durante a captação de recursos no Indiegogo, o Comet está sendo vendido por US$ 249 (R$ 1.010 na cotação do dia 22 de setembro) e US$ 289 (R$ 1.172), nas versões de 32 GB e 64 GB, respectivamente.

O financiamento coletivo vai até o final de outubro e visa arrecadar US$ 100 mil. Até o fechamento desta notícia, pouco mais de US$ 16 mil já haviam sido levantados. Clique aqui para conferir todos os detalhes do projeto no Indiegogo.

Cupons de desconto TecMundo: