Normalmente o nome de referência quando se trata de smartphones com uma tela e-ink complementar, o YotaPhone está prestes a ganhar um competidor de peso. Com Android 5.0 e um processador MediaTek de 64 bits, o Siswoo R9 Darkwoon quer aplicar o conceito de display de baixo consumo a um produto com um hardware mais poderoso.

Atualmente em fase de desenvolvimento, o dispositivo está se baseando em comentários dos consumidores para aprimorar sua experiência de uso. No entanto, já fica clara a principal vantagem do dispositivo em relação a outras opções do mercado: a tecnologia e-ink deve mantê-lo afastado de tomadas para recarga durante um longo tempo.

Especificações técnicas

  • Sistema: Android 5.0 Lollipop
  • Display principal: IPS de 5 polegadas com resolução 1920x1080 pixels
  • Display secundário: e-ink de 4,7 polegadas com resolução 960x540 pixels
  • Chipset: MediaTek MT6752 octa-core de 1,7 GHz com arquitetura de 64 bits
  • Memória RAM: 3 GB
  • Armazenamento interno: 32 GB
  • Dual SIM
  • Conectividade 4G LTE
  • Bateria: 3000 mAh com suporte a recarga wireless Qi

O grande desafio enfrentado pela Siswoo é criar uma tela e-ink tão otimizada quanto aquela usada no Yota Phone. No aparelho em questão, é possível usar o display para consultar o Facebook e o Twitter, embora seu principal uso seja permitir que os adeptos da leitura possam acompanhar seus livros e revistas durante várias horas.

Até o momento, não há previsão de quando o R9 Darkwoon deve chegar oficialmente ao mercado, tampouco se sabe qual o preço cobrado por ele. No entanto, rumores apontam que ele deve ser mais acessível que o Yota Phone 2, cujo valor rivaliza com diversos dispositivos flagship do mercado.

Cupons de desconto TecMundo: