A Turing Robotic Industries quer se estabelecer no mercado de smartphones, mas não consegue se diferenciar em especificações técnicas. O que fazer? Ela decidiu apostar em algo diferente, como a segurança e o design, e parece fazer um bom trabalho na área.

Por dentro, o Turing Phone tem um servidor isolado e gratuito que cria uma comunicação criptografada entre os donos de outros modelos iguais, além de um leitor biométrico e um sistema de carregamento magnético. As chaves pública e privada de codificação já vem pré-instaladas, garantindo que você não precise fazer configuraçoes complexas para lacrá-lo contra invasores.

Por fora, ele é feito de uma liga metálica chamada "liquidmorphium", que seria mais resistente que aço e titânico, impossível de ser dobrada e mais resistente que as rivais contra quedas e outras pancadas.

Especificações técnicas

  • Sistema operacional: Android 5.0 (com Turing UI)
  • Tela: 5.5" Full HD (1080p)
  • Processador: Snapdragon 801 quad-core de 2,5 GHz
  • Memória RAM: 3 GB
  • Armazenamento interno: 16 GB, 64 GB e 128 GB
  • Câmera: 13 MP (traseira) e 8 MP (frontal)
  • Bateria: 3.000 mAh

O design é elegante e o esquema de cores dá ao aparelho um aspecto quase único. O lançamento do Turing Phone está marcado para 10 de agosto sob e, embora os valores não estejam confirmados, eles não devem fugir dos seguintes preços: US$ 700 ou R$ 2,1 mil (versão 64 GB) e US$ 870 ou R$ 2,6 mil (modelo 128 GB).

Cupons de desconto TecMundo: