No meio de centenas de novidades apresentadas no Mobile World Congress em Barcelona e muitos dispositivos competindo por qual traria mais recursos e um design moderno e vibrante, um protótipo chama a atenção por ir contra as tendências: o Runcible.

Runcible é um projeto de smartphone feito pela Monohm que está sendo apelidado de anti-smartphone. Ele é um dispositivo redondo, similar a um relógio de bolso, com uma carcaça intercambiável que pode ser de elementos naturais, como madeira, ou mesmo impressa em 3D com um padrão feito pelo usuário.

Conectar ao que importa

A ideia é que o Runcible possa ser usado pelas pessoas de uma maneira positiva para ainda aproveitar as melhores coisas da tecnologia, sem afetar as interações com pessoas de verdade e os lugares por onde você passa.

O dispositivo é pensado principalmente para quem se sente sufocado pelas obrigações virtuais e notificações constantes, mas não quer abandonar totalmente as facilidades que a tecnologia oferece.

O aparelho não tem botões nem alto-falantes. Então, para ser usado como um smartphone propriamente dito, é necessário conectar headphones ou uma caixa de som. O Runcible simplifica o celular às suas funções mais básicas para manter as pessoas conectadas, sem a necessidade constante de olhar o aparelho por conta de suas notificações em áudio.

Poucos recursos e mimetização

O Runcible vai gravar fotos e vídeos também redondos, acompanhando o design do smartphone. E, para ajustar o foco e zoom, os usuários podem girar o aparelho como fariam com a lente de uma DSLR, ou simplesmente tocando na tela, como um celular comum. E, assim como um celular, ele ainda faz ligações.

A Monohm também pretende lançar uma linha de acessórios que simulem ainda mais a experiência de um relógio de bolso, como capas de couro e correntes parecidas com as de relógios antigos.

Software da Raposa

Poucos detalhes foram revelados sobre o dispositivo, mas o seu criador adiantou que ele será modular, possibilitando a troca de componentes de acordo com as necessidades do usuário, e que o software será baseado no Firefox OS.

O Runcible chega ao mercado ainda em 2015, mas o seu preço e especificações técnicas ainda não foram anunciados.

Cupons de desconto TecMundo: