Está cada vez mais comum uma fabricante processar outra por questões de similaridade no design de smartphones, mas isso não acontece quando as empresas que copiam são chinesas. Não é por acaso que existem tantos aparelhos parecidos com o iPhone por lá.

A mais nova cópia recebe o nome de m1 note, mas, em vez de imitar o visual do iPhone 6, o novo celular da Meizu segue os traços e características do iPhone 5c. Até a página de apresentação no site oficial do produto foi baseada na da Apple.

As diferenças deste celular ficam mesmo por conta da tela gigante com resolução Full HD, do hardware e do sistema. Ok, ele tem muita coisa diferente mesmo, mas é mais do que nítido que o primeiro contato visual remete claramente aos traços do produto da Apple.

Tirando essa questão do design, ficamos com um aparelho que tem um hardware melhor (pelo menos nos números, não levando em conta a questão do aproveitamento ou arquitetura) que o do iPhone 5c. Confira as especificações do Meizu m1 note:

  • Sistema: Flyme OS 4 (baseado no Android 4.4)
  • Display: IGZO 5,5” (1080x1920 pixels) com Corning Gorilla Glass 3
  • Chipset: MTK MT6752
  • CPU: octa-core de 1,7 GHz
  • GPU: Mali T760 MP2
  • RAM: 2GB LPDDR3
  • Armazenamento: 16 / 32 GB
  • Conectividade: 4G / WiFi  802.11n / Bluetooth 4.0
  • Câmeras: 13 MP (principal) e 5 MP (frontal)
  • Dual-chip: sim
  • Bateria: 3.140 mAh
  • Autonomia de bateria: 12 horas de navegação em 4G / 40 horas de conversação em 2G
  • Dimensões (A x L x E): 150,7 x 75,2 x 8,9 mm
  • Peso: 145 g
  • Preço estimado: US$ 160 (16 GB) ou US$ 190 (32 GB)

Se você reparar nas configurações acima, vai reparar que não citamos nada sobre a caneta Stylus (é que ele não tem recursos para interação com esse acessório mesmo). A palavra “note” no nome é apenas para chamar a atenção mesmo, pois este celular não é um concorrente do Galaxy Note.

Gostou das especificações? Nós achamos que este é um produto realmente impressionante para o valor estipulado. Uma pena que não haja previsão de lançamento para o restante do mundo. Sorte dos chineses!

Cupons de desconto TecMundo: