Ver alguém no transporte público curtindo o clássico jogo da cobrinha, na maior onda old school, é cada vez mais raro. Segundo consultoria da IDC Brasil, dos 12 milhões de aparelhos móveis vendidos em terreno nacional entre julho e agosto, somente 2,9 milhões são celulares comuns.

O desempenho dos smartphones foi bem mais expressivo nesse mesmo período, vendendo quase o triplo a mais em comparação e representando 9,1 milhões da fatia total.

O comércio de aparelhos inteligentes vem crescendo exponencialmente por aqui: comparando com o número de vendas do mesmo período em 2013, entre julho e agosto, houve aumento de 47% e 17% por mês, respectivamente.

Já os celulares que não possuem conexões com redes móveis estão decaindo grandiosamente no mercado. Ficar sem WhatsApp ou o auxílio do Waze não é mais opção para muitos dos usuários — uma queda de quase 50% marcou os dois meses analisados na pesquisa.

De acordo com Leonardo Munin, analista de mercado para a IDC Brasil, estamos perto da marca dos 70 milhões de smartphones vendidos até o final do ano. Projeções feitas pela companhia indicam que 14 milhões de aparelhos sairão das lojas para os bolsos dos usuários durante o terceiro trimestre do ano. 

Cupons de desconto TecMundo: