Você sabe o que é "butt dial"? Traduzida do inglês literalmente como "discagem do traseiro", essa ação consiste em ligar para alguém acidentalmente após sentar em cima do celular que, com a tela desbloqueada por acaso, acessou o discador e efetuou uma chamada. Pode parecer algo raro e até banal, mas um dado revelado pelo órgão norte-americano Federal Communications Commissioner (FCC) faz com que isso seja assunto de interesse da segurança pública.

De acordo com o comissário Michael O'Rielly, 70% das ligações para o 911 (a polícia nos Estados Unidos) vêm de dispositivos móveis, sendo que 50% dessas chamadas são feitas sem querer, quando o aparelho está em bolsos ou mochilas. Ao todo, seriam 84 milhões de chamadas feitas por ano sem querer. Em 2011, também publicamos alguns dados sobre o assunto.

"Esse é um gasto imenso de recursos, aumenta o custo dos serviços da polícia, esgota a moral da segurança pública e aumenta o risco de que chamadas legítimas ao 911 sejam atrasadas", diz O'Rielly.

Segundo ele, a solução é educar os consumidores para que eles tenham certeza de que os aparelhos estão seguramente travados. Uma das medidas sugeridas é que uma mensagem ao telefone desses "discadores com o traseiro" avisando sobre a gafe faça com que o ato não aconteça novamente. O documento de O'Reilly, que você confere completo clicando aqui, também fala sobre direção e uso de gadgets e o Modo de Emergência de smartphones.

Cupons de desconto TecMundo: