Ao entrar em uma loja nos dias de hoje, você pode escolher um aparelho celular com iOS ou Android, apenas para citar exemplos. Porém, em 2009, quem realizasse a mesma ação poderia encontrar outra opção no mínimo curiosa: o ITG xpPhone. 

E, sim, você deduziu certo: esse aparelho vinha com uma versão Embeded do Windows XP, que é bem similar àquela que usávamos em nossos computadores. Isso permitia, por exemplo, o uso de alguns programas disponibilizados para o sistema operacional da Microsoft, como Microsoft Office e Internet Explorer. 

Como em alguns aparelhos comercializados à época, o xpPhone vinha com um teclado QWERTY e uma tela sensível ao toque de 4,8 polegadas, além de processador AMD, até 1 GB de memória RAM, entrada USB e um SSD-HDD de 64 e 120 GB, respectivamente. 

E não se engane achando que essa é a mosca branca da espécie, pois o mercado viu o anúncio de outro aparelho do tipo no mesmo ano: o VCP08 da ViewSonic, que também trazia em seu conjunto uma versão do Windows XP. Porém, diferente da primeira companhia, que ainda apostou em um celular capaz de rodar uma edição do Windows 7, esta optou por apostar no mercado de smartphones com Android.

Cupons de desconto TecMundo: