Diversas tarefas podem ser executadas hoje com facilidade por meio de celulares inteligentes. Ao congregar em uma única interface várias funções, os smartphones constituem-se cada vez mais como “plataforma-chefe” capaz de desempenhar com maestria certas obrigações.

E um novo recurso parece estar prestes a chegar a consumidores que costumam usar hotéis. De acordo com o The Wall Street Journal, as antiquadas chaves de quartos poderão em breve deixar de existir; será possível abrir a porta do recinto por meio de um app de celular.

“Esta estratégia tem como objetivo fornecer ferramentas sem precedentes de escolha e controle às palmas das mãos dos consumidores”, diz Chris Nassetta, CEO da rede de hotéis Hilton. O investimento de US$ 550 milhões que pretende colocar fim ao molho de chaves tem o objetivo de integrar as novas tecnologias ao público consumidor.

As instalações de fechaduras compatíveis com o sistema, bem como o lançamento de aplicativos capazes de se comunicar com o novo componente, deverão ser concluídas até o final de 2016. Entre outras possibilidades que o serviço inaugura além da abertura automática de portas estão a reserva online de quartos e a realização de check in.

Atualmente, a rede de hotéis Hilton possui cerca de 4.200 instalações. Não se sabe exatamente como o mecanismo inteligente de locação de quartos vai funcionar; a instalação do dispositivo em cada uma das edificações da empresa não foi confirmada. Fato é que os smartphones têm chamado a atenção de diversos setores da indústria (até mesmo a produção cinematográfica pode ser colocada em xeque por entusiastas mais ousados – saiba mais aqui).

Cupons de desconto TecMundo: