Primeiro vieram os smartphones e os tablets, com suas respectivas telas pequenas e grandes. Depois, chegaram os phablets, borrando um pouco a linha divisora entre esses dispositivos. Agora, a Hisense confunde ainda mais as coisas com o X1, o celular de 6,8 polegadas introduzido na CES deste ano.

Marcado para lançamento na China antes de chegar ao Ocidente, o aparelho vem com especificações que esperaríamos de um smartphone high-end: processador Snapdragon 800, câmera de 13 MP, tela IPS com resolução de 1080p e bateria de 3.900 mAh, rodando o Android 4.4 KitKat. Dessa forma, o dispositivo tem um grande poder de fogo ao seu dispor, ainda que suas dimensões dificultem seu uso de forma prática no dia a dia.

Com relação aos seus materiais, o aparelho de plástico casa com a proposta da Hisense de que o dispositivo não vai competir diretamente com o nicho de smartphones premium. Segundo a empresa, o celular vai se posicionar entre os gadgets intermediários, mesmo com as potentes especificações, e seu preço deve refletir essa estratégia.

Especificações técnicas

  • Tela: display de 6,8 polegadas com resolução Full HD (1920x1080)
  • CPU: processador quad-core Snapdragon 800 com 2,3 GHz
  • Sistema operacional: Android 4.3 (será lançado com o 4.4 Kitkat de fábrica)
  • Câmera frontal: 5 MP
  • Câmera traseira: 13 MP
  • Memória: 2 GB de RAM
  • Armazenamento: 16 GB
  • Bateria: 3.900 mAh
  • Conectividade: TD-LTE, LTE FDD, WCDMA e GSM
  • Dimensões (A x L x E): 152,8 x 79 x 9,7 mm

Travas

A Hisense pretende lançar o X1 no mercado norte-americano no final do segundo trimestre deste ano sob a marca Sliver, o que significa que ele será disponibilizado sem bloqueio de chip. No entanto, a fabricante está negociando com duas operadoras dos Estados Unidos para disponibilizar aparelhos subsidiados.

Cupons de desconto TecMundo: