Poucas delas admitem ser viciadas em smartphones. (Fonte da imagem: Reprodução/HawaiiLibertian)

Um estudo realizado por uma parceria entre a revista Real Simple e o site Huffington Post afirma que praticamente metade das mulheres norte-americanas prefere ficar sem sexo a abandonar seus smartphones por um mês.

Ao responderem às perguntas, 48% das 3.583 entrevistadas disseram que o companheiro mobile não pode ser substituído pelos prazeres que só a carne pode dar. E mais: para um terço delas (34%), passar os 30 dias sem a melhor amiga seria algo também mais tolerável do que deixar o celular inteligente de lado.

As voluntárias responderam a um total de 25 perguntas. Confira a seguir algumas das constatações feitas pela pesquisa:

  • 47% deixam o telefone sobre a cabeceira da cama – assim, elas podem pegá-lo logo quando acordam (5% delas dormem abraçadas com os mobiles);
  • 39% das mulheres dizem usar os dispositivos no banheiro;
  • 56% colocam o smartphone "próximo ao alcance" durante o jantar (12% deixam o celular em cima da mesa);
  • Apenas 27% de todas as voluntárias admitiram serem viciadas em smartphones.

5% das voluntárias disseram dormir com o celular. (Fonte da imagem: Reprodução/DailyMail)

Em um dos casos, uma capa à prova d’água chegou a ser comprada por uma das entrevistadas – que confessou usar o dispositivo também durante o banho para checar suas notificações. Cerca de três quartos das mulheres (76%) dizem conferir informações em seus celulares pelo menos uma vez a cada hora. Com que frequência você usa seu smartphone? O aparelho é realmente capaz de deixar as satisfações carnais em segundo plano?

Cupons de desconto TecMundo: