A princípio o usuário pode pensar que um Motorola com Android não é mais novidade. O casamento entre Google e a empresa americana fabricante de telefones celulares já se provou longo e fiel.

Mas o Motorola Charm tem lá seu diferencial. O primeiro deles é o design: com um teclado QWERTY fixo, ele lembra muito os aparelhos da Blackberry. Ele é preto, com detalhes em duas cores diferentes: marrom e rosa.

Sua tela tem 2.8” e orientação em paisagem, diferente dos outros Androids da Motorola. Na parte de trás há um trackpad –chamado de backtrack pela Motorola, mesmo do Backflip. Ele permite que você movimente a tela de um lado para o outro. Mesmo com o teclado QWERTY fixo e o backtrack, o Charm possui tela touchscreen, com multitoque.

O Android 2.2 Froyo foi lançado em maio deste ano, mas o Charm possui interface Motoblur, o que limita sua versão. A boa notícia é que o Motoblur foi, finalmente, atualizado. Ao invés do Android 1.5,  o novo aparelho da Motorola tem a versão 2.1 Eclair.

Reprodução: Motorola

Além disso, o Charm tem uma câmera de 3 MP da Kodak. Isso não chega a impressionar, mas reforça a ideia de que este aparelho foi criado para ser um Android mais barato e popular. Outras características são compatibilidade total com os serviços do Google e redes sociais.

O Charm tem compatibilidade total com Flash, com serviços do Google (como Maps, Search, Picasa e Gmail), Wi-fi, 3G e dois microfones, para diminuição de ruído durante as ligações.

O Motorola Charm vai chegar às lojas dos Estados Unidos em agosto deste ano, pela operadora T-Mobile. No entanto, ainda não há previsão de preço para o aparelho. Rumores dão conta de que o Charm chegará em breve ao Brasil. Só nos resta esperar.

Além disso, devido ao sucesso do casamento entre Motorola e Android, a empresa já anunciou que pretende lançar pelo menos um novo aparelho por mês até o final do ano. Esperamos que eles venham em quantidade, qualidade e cheios de inovações!

Cupons de desconto TecMundo: