(Fonte da imagem: Reprodução/Shutterstock)

O número de contratação de seguros para celulares e smartphones cresceu mais de 250% em 2013 quando comparamos com o mesmo período do ano passado. Nos primeiros seis meses desse ano, o Grupo BB e Mapfre registrou o comércio de mais de 14 mil contratos no país. Em 2012, o número de contratos do primeiro semestre foi de somente quatro mil apólices vendidas.

O constante aumento de vendas de seguros no segmento está sendo impulsionado graças ao aquecimento do mercado e a disseminação de tal serviço no país. Pesquisas da IDC (International Data Corportation) dizem que entre os meses de abril e junho mais de 15 milhões de telefones celulares foram adquiridos no Brasil – destes, 54% eram smartphones e 46% celulares tradicionais. O mesmo levantamento diz que as vendas de smartphones cresceram 110% em relação ao mesmo período de 2012.

Proteção contra possíveis perigos

O alto preço que muitas pessoas pagam pelos modelos de smartphones (que normalmente possuem impostos bem altos) pode ser considerado como um dos motivos que estimulou o contrato desse tipo de seguro. O seguro de roubo e furto do Grupo BB e Mapfre repõe o aparelho mediante arrombamento e também oferece um serviço de assistência Help Desk que pode ser utilizado por telefone ou chat.

“A vantagem é que esse tipo de apólice cobre até 75% do valor do celular, em caso de um sinistro. É uma garantia para o cliente”, diz Nikolaos Tetradis, superintendente de Seguros Especiais do Grupo BB E MAPFRE. O seguro para esses produtos custa, em média, 15% do valor do aparelho, porém pode variar conforme cada contrato.

Cupons de desconto TecMundo: