Os sensores de movimento não são novidade, há muitos anos eles são usados em sistemas de segurança. Mas sua aplicação nos mais diversificados aparelhos eletrônicos tem surpreendido os aficionados por tecnologias inovadoras.

A captura de movimentos por meio de sensores é uma ótima forma de entretenimento e já está consolidada no mercado. A maior prova da difusão desta tecnologia é o Wii - console da Nintendo que teve grande aceitação do público gamer. Neste mesmo segmento, o Projeto Natal (uma promessa de revolução no mundo dos video games) da Microsoft deve chegar às lojas no final deste ano.

Vendo o potencial desse tipo de recurso, as empresas relacionadas à telefonia móvel começam a esboçar tecnologias muito úteis. Já pensou poder controlar seu celular sem ter que tocá-lo? Parece que isso não está longe de acontecer. Acompanhe este artigo e confira tudo sobre o eyeSight!

Olha a mágica, sem tocar!

A transformação de movimentos em comandos para aparelhos eletrônicos já foi testada e anunciada em algumas ocasiões. Uma delas é o controle de computadores através dos olhos, tecnologia apresentada na CeBIT 2010 (confira mais informações no artigo “Tecnologia permite controlar o computador por meio do olhar”).

Entre o final de 2008 e o início de 2009 a Hitachi apresentou uma televisão que conta com um sistema de captura de movimentos para acessar suas funções. A intenção da desenvolvedora é comercializá-la até 2011. Saiba mais sobre esta TV no artigo “Conheça a tecnologia para controlar televisores com as mãos”.

No mês de março o Portal Baixaki publicou o artigo “Controlar um aparelho a distância não é só coisa de filme de ficção científica”, o qual explicita um protótipo da Universidade de Tóquio que usa movimentos para realizar ações, como ampliar imagens e digitar textos. Este invento ainda é bem precário se comparado com o eyeSight.

Fonte da imagem: eyeSight

O eyeSight, anunciado durante a Nokia Developer Summit 2009 em Mônaco, na verdade é um software e não um aparelho, como alguns podem ter imaginado. Ele opera através das câmeras frontal e traseira dos celulares ou smartphones capturando os movimentos e “traduzindo-os” - através de algoritmos muito complexos - para comandos nos aplicativos do dispositivo, os quais são processados pelo sistema operacional do telefone móvel.

Com esta tecnologia é possível, por exemplo, visualizar as imagens gravadas ou trocar a música tocada no seu celular apenas passando a mão na frente do aparelho. Confira no vídeo seguinte uma demonstração deste recurso:

Vantagens

A princípio é tudo muito bom e tudo vai bem. Mas, convenhamos, o importante de qualquer inovação é ela ser útil para qualquer usuário. Então, quais são as vantagens do eyeSight? A resposta da desenvolvedora para o questionamento está representada nos tópicos a seguir:

  • O software não exige nenhum hardware específico, é compatível com a ampla maioria de aparelhos disponíveis no mercado;
  • Introduz uma nova e intuitiva maneira de operar celulares;
  • Devido à simplicidade dos APIs utilizados, ele possui integração facilitada com outros softwares;
  • Maior eficiência das tarefas diárias, oriunda da descomplicada interação entre o usuário e o aparelho;
  • A otimização dos comandos proporcionada gera baixo consumo de energia.

Fonte da imagem: eyeSight

Resultados desta tecnologia

A tecnologia eyeSight tem duas linhas de produtos: uma para entretenimento e outra para usabilidade. A primeira vertente citada é chamada de eyePlay e disponibiliza games adaptados para que seus comandos sejam acionados pelos movimentos do jogador. Os títulos disponíveis no momento são Fortune Cookies, Truth or Dare, Eat This, Ninja Strike e Fart Control.

O segmento voltado para usabilidade é denominado eyeCan. Os aplicativos desenvolvidos para essa linha têm o intuito de aumentar a praticidade na manipulação do aparelho. Por exemplo, ao ter instalado o eyeCall basta um breve movimento com a mão para retirar o volume da campainha ou enviar uma mensagem de texto para quem está ligando.

Fonte da imagem: eyeSight

Outro programa que ganha destaque é o Moove, um player de músicas controlado pela captura de movimentos. É passar a mão na frente do smartphone para trocar de música e posicioná-la em frente à câmera para pausar ou iniciar a execução da sua playlist.

A empresa responsável pela tecnologia já desenvolveu, também, um sistema para visualização de imagens e manipulação de mapas pela web ou GPS, fato que - no entendimento dos criadores - deve diminuir a distração do motorista ao volante.

Hum... Será que cola?

Sem dúvida, o eyeSight é mais uma tecnologia com um grande potencial no futuro. Ela deve ser muito útil, em um primeiro momento, na adequação de pessoas com deficiência, possibilitando uma maior interação desse público com as tecnologias de ponta. É cedo para afirmar se este recurso vai realmente ter impacto no cotidiano da maioria dos usuários, é preciso esperar por um maior desenvolvimento de suas funcionalidades e novos testes.

 

Esta tecnologia terá um dia utilidade para nós? Será que o eyeSight vai proporcionar o desenvolvimento de novos recursos para aparelhos eletrônicos? Quais seriam essas possíveis inovações? Não fique de fora dessa, deixe seu comentário!

Cupons de desconto TecMundo: