(Fonte da imagem: Reprodução/Canaltech)

Se você já parou para olhar o celular das pessoas nas ruas, deve ter percebido que a maioria dos aparelhos não é um smartphone. Para comprovar esse ponto de vista, uma pesquisa feita pela empresa Nielsen mostrou que o Brasil ainda tem um mercado enorme para a venda de celulares inteligentes.

O que possibilita esse grande mercado consumidor é o fato de que 44% dos aparelhos usados pelos brasileiros ainda é básico — ou seja, não é um smartphone. Em seguida, 21% da população usam celulares com recursos modernos, como tela sensível ao toque, mas que rodam sistemas operacionais simples.

Por conta disso, somente 35% dos brasileiros contam com um smartphone de fato. Entre o os países do BRIC (grupo em que estão Brasil, Rússia, Índia e China), a China e a Rússia têm médias de uso maiores.

Pesquisa brasileira

Nesta sexta-feira (18), a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou uma pesquisa mostrando que a maioria das linhas móveis brasileiras são pré-pagas — ou seja, é necessário colocar crédito para realizar uma ligação ou outras atividades.

No total, são mais de 261 milhões de linhas móveis ativas, sendo que mais de 80% delas é pré-paga, o que corresponde a 210 milhões de números diferentes.

Cupons de desconto TecMundo: