É grande o número de pessoas que fazem uso da tecnologia 3G, atualmente oferecida por diversas empresas de telefonia móvel e que permite ao usuário conectar-se à internet através de celulares, notebooks, PDAs e qualquer dispositivo que esteja preparado para esse tipo de atividade.

Agora já se fala em 4G, uma nova tecnologia que promete conexões muito mais rápidas e sinal de qualidade superior, permitindo que os usuários utilizem o serviço sem problema algum, mesmo dentre de veículos em movimento.

Confira abaixo algumas respostas às perguntas mais frequentes sobre esta tecnologia que rondam a cabeça de muitos usuários.

 

Vou ter que trocar de celular?

Sim. Assim como aconteceu com a mudança do 2G para o 3G, o usuário que quiser usufruir da nova geração terá que trocar os aparelhos celulares. Isso acontece pois o 4G opera em uma frequência diferente das redes anteriores e para que o aparelho seja capaz de captar as novas ondas é preciso implementar novos receptores e softwares.

Infelizmente não há como transformar celulares ou modens 3G em aparelhos 4G apenas trocando algumas peças. Mas não há com o que se preocupar, pois os telefones da terceira geração continuarão funcionando normalmente e com todas as liberdades que o 3G proporciona, apenas não captarão a frequência da nova tecnologia.

Quão mais rápido é o 4G?

Bem mais rápido, certamente. Para você ter uma ideia, na tecnologia 3G a velocidade de conexão pode chegar a 300 Kbps, enquanto que no 4G a velocidade é de, no mínimo, 28 Mbps e pode chegar a incríveis 100 Mbps.

A maior velocidade de internet residencial disponível no Brasil é de 300 Mbps, mas ainda é grande o número de usuários que faz uso do serviço buscado. A chegada da tecnologia 4G pode significar maior velocidade e estabilidade no serviço de internet para muitas pessoas.

Qual a diferença entre LTE e WiMAX?

LTE e WiMAX são duas tecnologias de transmissão 4G. A primeira delas, LTE, é o sucessor natural para os padrões atuais. O Long Term Evolution é também retro-compatível (assim como o GSM foi com o TDMA), o que significa que usuários, serviços e aparelhos da nova rede e da antiga podem coexistir sem quaisquer problemas.

A segunda (WiMax, Worldwide Interoperability for Microwave Access) se desenvolveu de um conceito próximo do Wi-Fi, permitindo acesso à banda larga sem fio com custos reduzidos.

Isso com muito mais eficiência principalmente no que diz respeito aos usuários finais em locais mais remotos. No entanto ela vem sofrendo pressão constante por não manter a velocidade esperada na maioria dos testes realizados até agora, fato que indica a falta de maturação da tecnologia.

O que muda em relação ao 3G?

Além de uma velocidade maior, as conexões 4G também prometem ser mais estáveis e com sinal de melhor qualidade. Isso torna possível utilizar os serviços e facilidades dentro de um carro em movimento, por exemplo.

O conceito de 4G vai muito além de acesso à internet através de celulares. O atrativo da nova tecnologia está na convergência de um grande número de serviços que até então eram acessíveis apenas por meio da banda larga fixa.

Os custos também tendem a diminuir com o uso da quarta geração de conexões. Além de ser bom para o bolso do consumidor, isso permitirá que mais pessoas tenham acesso a informação e a serviços básicos oferecidos na rede mundial de computadores.

Quando vai chegar ao Brasil?

Em setembro de 2009 pelo menos cem operadoras de telefonia móvel declararam que já estavam testando a tecnologia LTE da quarta geração. O ano de 2010 começou com uma correria para viabilizar a tecnologia 4G até o final do ano.

Algumas empresas já estão se preparando para a nova leva de tecnologia. A LG, por exemplo, criou o LG LTE USB Modem, um modem com suporte para o 4G. Esse foi o primeiro modem criado exclusivamente para a utilização da tecnologia da nova geração.

Para os usuários que estão sempre de olho no conteúdo do portal Baixaki a tecnologia 4G não é nenhuma novidade, pois o assunto já foi abordado no site. Para quem perdeu o artigo sobre a quarta geração de conexões e aparelhos, não deixe de conferir. É só clicar aqui.

O 3G demorou um pouco para fazer sucesso no Brasil e ainda assim é possível encontrar diversos usuários que não confiam no serviço, mesmo que ele tenha melhorado consideravelmente desde seu lançamento. Será que com o 4G vai acontecer o mesmo ou as pessoas já estarão mais acostumadas com esse tipo de serviço? Não se esqueça de deixar um comentário com a sua opinião.

Cupons de desconto TecMundo: