(Fonte da imagem: Reprodução/The Verge)

Preocupada com o conteúdo visto por adolescentes em seus smartphones, o governo da Coreia do Sul está planejando meios de banir a exibição de pornografia e palavrões por esses dispositivos. O Ministério da Igualdade entre Gêneros e da Família pretende lançar um aplicativo responsável por realizar o filtro de qualquer material considerado inadequado para os jovens do país.

O projeto também tem o objetivo de acabar com o cyber-bullying praticado através de redes sociais como o KaKao Talk, Facebook e Twitter. O órgão governamental vai exigir que as próprias operadoras sul-coreanas apliquem o filtro ao vender um novo aparelho, bloqueando assim o acesso a qualquer informação considerada “prejudicial”.

A ação é somente um reflexo do programa educacional sul-coreano que pretende alertar sobre os “perigos da internet”. A iniciativa tem o objetivo de evitar que os jovens do país fiquem viciados na rede mundial de computadores, realizando “atividades positivas” em vez de ficar em frente ao computador a televisores conectados a consoles de video games — entre os exemplos dados pelo governo está escutar músicas.

Cupons de desconto TecMundo: