Como você já deve ter visto aqui no Tecmundo, a Gradiente está vendendo uma linha de smartphones chamada de IPHONE — e é assim mesmo, o nome é igual ao do aparelho da Apple, mas com todas as letras em caixa alta. A novidade brasileira roda o sistema Android e pode abrigar dois chips.

Sem causar nenhuma surpresa, estes novos produtos acabaram por criar polêmicas, principalmente pelo fato de a empresa da Maçã ter o “costume” de processar as companhias rivais por quebra de patente. Para resolver esse problema, a própria Gradiente publicou um vídeo no YouTube explicando as diferenças entre os aparelhos

Sim, é mais simples!

(Fonte da imagem: Reprodução/Gradiente)

Logo de início, a empresa começa a produção explicando que o nome IPHONE já era propriedade da Gradiente dentro do Brasil desde o ano 2000 e que ele só não foi usado porque a empresa não tinha dinheiro na época. Além disso, a Apple lançou o seu smartphone somente sete anos depois.

Em seguida, o vídeo mostra a diferença entre os dois aparelhos, de modo que o comprador não tenha dúvidas. Ao contrário do que muita gente pode pensar, a Gradiente foi honesta e explicou que o seu aparelho é mais simples do que o da concorrência — característica que não poderia ser negada, é lógico.

Mesmo com essa explicação, tem muita gente achando que o posicionamento da empresa brasileira foi baixo — em outras palavras, dizem que ela tentou se aproveitar do sucesso do iPhone. Por conta de tudo isso, nós queremos saber: qual é a sua opinião sobre o assunto?

Cupons de desconto TecMundo: