(Fonte da imagem: iStock)

Uma pesquisa publicada nesta semana pela revista Epidemiology revelou que não existe nenhuma relação entre o uso de aparelhos celulares e o desenvolvimento de gliomas, tumores cancerígenos no cérebro ou na espinha.

A pesquisa foi realizada em quatro países – Finlândia, Noruega, Suécia e Dinamarca – e levou em consideração estatísticas de doenças diagnosticadas nos últimos 20 anos. Apesar dos 15 anos de uso intenso de celulares, esse tipo de tumor não se tornou mais comum em nenhuma das regiões pesquisadas. Em algumas faixas etárias, o número de casos chegou até mesmo a diminuir.

Os quatro países compreendidos no estudo são considerados uma importante fonte de estudo. A região é um polo de telefonia móvel, estando entre os países mais avançados nesse quesito. Paralelo a isso, o sistema de saúde dos países escandinavos é bastante completo e reúne informações detalhadas sobre a maioria dos pacientes.

Cupons de desconto TecMundo: