(Fonte da imagem: Reprodução/Android Police)

Durante a última IFA, um dispositivo curioso chamou a atenção da imprensa especializada em tecnologia. Exibido sem nenhum nome específico, o aparelho era constituído por duas telas apostas desempenhando papéis complementares: enquanto uma delas era construída em LCD e funcionava como um smartphone comum, a outra usava a tecnologia E-Ink para facilitar a leitura de textos.

Nesta semana, a Yota Devices veio a público para revelar que era a responsável pela criação, que ficará conhecida internacionalmente como YotaPhone. Baseado no Android, o dispositivo conta com um processador dual-core Snapdragon S4 de 1,5 GHz, 2 GB de RAM e possui até mesmo conectividade LTE.

Especificações técnicas

  • Processador dual-core Snapdragon S4 de 1,5 GHz;
  • 2 GB de RAM;
  • Display LCD frontal de 4,3 polegadas com resolução 1280x720 pixels;
  • Diplay E-Ink traseiro com 4,3 polegadas de 200 dpi;
  • Câmera fotográfica de 12 megapixels;
  • Câmera frontal de 720p;
  • 140 gramas de peso;
  • Espessura de 10 milímetros;
  • Conectividade LTE.

Caso os planos da Yota Devices sigam conforme o previsto pela empresa, o dispositivo deve chegar às lojas da Rússia no terceiro trimestre de 2013 por um valor não revelado. A fabricante afirmou que já está negociando com algumas operadoras estadunidenses e europeias para trazer o aparelho ao Ocidente, porém não revelou mais detalhes sobre qualquer espécie de acordo que possa ter sido firmado até o momento.

Cupons de desconto TecMundo: