"Tem até toques polifônicos" (Fonte da imagem: iStock)

Quando a notícia de que os celulares estrangeiros seriam bloqueados em solo brasileiro foi divulgada, muitas pessoas ficaram com uma dúvida bem importante: “Se eu trouxer um smartphone de fora, ele não vai mais funcionar?”. Pois essa dúvida também incomodou a imprensa, e o site Gizmodo conversou com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil) para obter uma resposta.

Segundo o Sinditelebrasil, os consumidores que adquirirem seus aparelhos em outros países não devem sofrer com bloqueios, uma vez que todos os aparelhos homologados funcionarão sem problemas — iPhones, por exemplo, já são homologados e não devem passar por qualquer restrição. O sindicato deixa claro que os smartphones das principais marcas não são o foco da ação.

O grande objetivo do projeto — financiado pelas empresas Claro, Oi, TIM e Vivo — é fazer com que os aparelhos de baixa qualidade importados ilegalmente sejam bloqueados. Isso significa que apenas aqueles celulares que não passam por testes de padrão de qualidade terão o funcionamento bloqueado. Ainda não há informações sobre aparelhos de marcas que não trabalham no Brasil, como é o caso da HTC.

Cupons de desconto TecMundo: